Connect with us

Abril de 2021

25apr08:0014:00Featured4º Mutirão de Plantio de Mangue na Ilha do Cajueiro(Rio Potengi)

more

Event Details

No dia 25/04 realizaremos o 4º Mutirão de Plantio de Mangue na Ilha do Cajueiro(Rio Potengi), área historicamente degradada, desde do início do processo da colonização até os dias atuais! A concentração será no Sítio Histórico e Ecológico Gamboa do Jaguaribe, ás 8h, iniciando a travessia de barco para a Ilha do Cajueiro.

Nossa lojinha de artesanatos estará aberta, ao término do evento serviremos a feijoada, já tradicional.
Evento gratuito com contribuição voluntária.

O reflorestamento de manguezais em áreas degradadas é uma das ações promovidas pela Gamboa do Jaguaribe para uma maior sensibilização e engajamento político da sociedade; visam preservar e aumentar o estuário do Potengi, que é de grande importância para a vida marinha e um grande agente contra a poluição, que ainda detém uma rica diversidade de espécies por ter uma água de boa qualidade. Com intuito de também recuperar e proteger a mata atlântica ciliar, tendo em vista que mais de 90% já foi destruída e, resta apenas 7% desse bioma, segundo dados do grupo SOS Mata Atlântica. Acreditamos que somente com a recuperação das florestas, com o aprimoramento e cumprimento da legislação ambiental e com intensa participação popular é que podemos caminhar para uma vida social sustentável.

Vamos reflorestar a ilha do cajueiro, única ilha da capital potiguar, primeira sesmaria da antiga Capitania do Rio Grande!
Vida longa à pesca artesanal, vida longa aos estuários, rios e mares.

Documento de 27 de abril de 1674, determinava os limites da ALDEIA VELHA:
“… No dia 1º de abril de 1748, o ten. cel. Matias Simões Coelho, morador da ALDEIA VELHA, obteve uma data de terra, correspondente àquela mesma ilha possuída pelos jesuítas em 1601: …no lugar chamado Porto do Cajueiro, um combro de terra desalagado de água salgada, NA RIBEIRA DO RIO QUE VAI PARA NOSSA SENHORA DA SOLEDADE, confrontando com o mesmo rio; a terra corre para o poente (…) O porto do cajueiro corresponde ao local de embarque e desembarque, ainda hoje existente no chamado projeto camarão.”
(Olavo de Medeiros filho, “Aconteceu na capitania do Rio Grande”,

#SOSPOTENGI
#SOSJAGUARIBE

Time

(Sunday) 08:00 - 14:00

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X