Connect with us

Gastronomia

Dia da Água: Rede de franquia de fast food aposta em programa de reuso do recurso

Publicado

Investimento em sistemas de captação destinou em torno de 70 milhões de litros de água para reuso em 2021 nos restaurantes do McDonald’s

Foto: Divulgação McDonald’s

O Dia da Água, celebrado em 22 de março, tem o objetivo de reforçar a importância do uso consciente do recurso. A economia de água é uma missão conjunta de todos os aspectos da sociedade, inclusive das empresas. Pensando nisso, a Arcos Dorados, maior franquia independente do McDonald’s do mundo e que opera os restaurantes da rede na América Latina e no Caribe, criou o Programa Natal, que tem por objetivo minimizar o desperdício e recuperar a água condensada pelo sistema de ar-condicionado. São mais de 380 restaurantes participantes no Brasil, que captaram em torno de 70 milhões de litros de água para reuso em 2021.

Após os resultados positivos alcançados pelas unidades participantes, o programa passou a ser obrigatório aos novos restaurantes, que também contam com sistemas de captação de água da chuva incorporados ao projeto a partir de sua concepção. Toda a água captada através desse sistema é reutilizada para lavar as vias do Drive-Thru e realizar a limpeza do piso no interior dos restaurantes, evitando a necessidade de utilizar água potável para as atividades. 

Marie Tarrisse, Gerente Sênior de Compromisso Social e Desenvolvimento Sustentável da Divisão Brasil da Arcos Dorados, considera que os resultados de 2021 apontam para um futuro promissor para o programa. “Estamos orgulhosos dos resultados que temos alcançado com o Programa Natal e, por isso, pretendemos continuar a implementá-lo em cada vez mais restaurantes. Sabemos que há um longo caminho a trilhar e que o recurso merece atenção especial dentro da agenda ESG. Por isso, pretendemos apostar em nossa escala para ampliar o impacto positivo do Programa Natal”, comenta Tarrisse.

Restaurantes Sustentáveis

As iniciativas voltadas para economia da água se somam às demais que compõem o conceito de Restaurantes Sustentáveis estabelecido pela Arcos Dorados, que é uma forma de reforçar seu compromisso com meio ambiente ao definir 25 iniciativas que reduzem o impacto de suas unidades e que passaram a ser mandatórias para as inaugurações e remodelações da rede em toda a região. O anúncio integra a estratégia Receita do Futuro.

Dentre as 25 iniciativas básicas obrigatórias estão: uso do ar condicionado de baixo consumo de energia, uso de gases refrigerantes não poluentes, aquecedor solar de água, iluminação LED, recuperação da água de chuva e da água de condensação dos aparelhos de ar condicionado para tarefas como lavagem das fachadas, limpeza dos banheiros, irrigação dos jardins etc, separação de resíduos no salão e do óleo vegetal utilizado para ser transformado em biodiesel, uso de madeiras certificadas nos móveis, ventilação mecânica, solo absorvente, vidros com filtro infravermelho, inclusão de painéis solares e telhados com isolamento para promover a economia energética.

Para Gabriel Serber, Diretor de Compromisso Social e Desenvolvimento Sustentável da Arcos Dorados, a implementação do checklist simboliza uma nova fase para a expansão da companhia. “Ao determinar como obrigatórias iniciativas que têm sido utilizadas em inaugurações e reformulações de restaurantes brasileiros há mais de cinco anos, consolidamos o compromisso em utilizar nossa operação para gerar um impacto positivo na sociedade. Por meio da plataforma Receita do Futuro, desenvolvemos diversas iniciativas de ESG, que nos guia rumo a este objetivo”, explica Serber.

Para saber mais sobre a atuação socioambiental da Arcos Dorados, acesse o site da Receita do Futuro.

Continue Reading
Deixe seu comentrio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X