Connect with us

Meio Ambiente

Sustentabilidade: fios que viram arte

Publicado

Colaborador da Cabo Telecom tem transformado fios que iriam para o lixo em jarros, cestas e fruteiras

Jarros construídos por Allan, colaborador da Cabo Telecom – Foto: Divulgação

Hoje em dia, a sustentabilidade é um dos principais pilares de qualquer instituição que se preze. O descarte inadequado de materiais ou resíduos produzidos pelas empresas tem afetado o meio ambiente de maneira significativa. Por isso, a Cabo Telecom, empresa que integra o Grupo Conexão, segue a linha das corporações que procuram cumprir seu papel na sociedade.

O diretor-presidente da Cabo Telecom, Cláudio Alvarez, explica que tanto a Cabo Telecom como as demais empresas do grupo têm incentivado os colaboradores a repensar algumas atitudes.  “Estamos alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), que visam proteger o planeta, por isso, a preservação ambiental é um dos nossos objetivos”, conclui. 

Alguns pilares regem a responsabilidade social e ambiental de instituições comprometidas com questões de sustentabilidade, como por exemplo, a mudança de práticas que agridem a natureza, como propõe o “Econexão – conectados com o meio ambiente” – um projeto do grupo Conexão que reafirma o compromisso diário das empresas em adotar essas práticas e minimizar os impactos ambientais, contribuindo com o desenvolvimento sustentável e a preservação.

Fios que conectam talentos

A Cabo Telecom, que antes descartava os fios sem utilidade, agora doa o material para a produção de jarros, cestas e fruteiras artesanais. A ação beneficia Allan Kardec, 42 anos, auxiliar de serviços gerais da empresa que descobriu o talento recentemente, quando decidiu trançar os fios que iam para o lixo, dando outro fim ao material.

Jarros construídos por Allan, colaborador da Cabo Telecom – Foto: Divulgação

“Eu comecei a fazer essas cestas por causa de uma inspiração que eu tive. Lembrei de quando morava no interior e via o pessoal fazendo artesanato de cipó, então pensei: com fios também deve dar certo. Fui lá e fiz, vendo o jeito certo de unir cada fio e transformei em arte”, conta Allan.

Apaixonado por planta, o artesão começou a produzir as peças para colocar suas próprias mudas, mas logo surgiu o interesse dos colegas de trabalho que admiram a arte de Allan. “Agora eu faço jarros, cestas e até fruteiras, ainda ensino a plantar as mudas. Minha intenção é fazer uma campanha de doação de alimentos com os objetos que produzo, ajudando outras pessoas com o que gosto de fazer”, explica.

A doação de fios para o colaborador integra uma das ações do Econexão em busca de práticas sustentáveis nas empresas do grupo. Allan Kardec pretende cobrar um valor simbólico pelas peças e um kilo de alimento que será destinado a uma instituição de caridade ainda não definida.

Jarros construídos por Allan, colaborador da Cabo Telecom – Foto: Divulgação

Sobre o Grupo Conexão

O Grupo Conexão é uma holding de tecnologia composta por 12 empresas e mais de 2.200 colaboradores, servindo mais de 400 mil lares e 20 mil clientes empresariais não só nas capitais, como também no interior de seis estados do Nordeste e no Sudeste do Brasil: Cabo Telecom (RN e PB), Multiplay, Ideia Telecom, Agily e Meganet (CE), Conexão, Direta, Mega, Outcenter, Starweb e Alegra,  (SP, MG e BA).

Continue Reading
Deixe seu comentrio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X