Connect with us

Sociedade

Comunidade Quilombola de Luís Gomes recebe primeira dose da vacina contra a Covid-19

Publicado

Maria Inês da Silva, 68 anos | Foto: Ana Maria da Silva

Os membros da comunidade Quilombola Coati/Lagoa do Mato, localizada no município de Luís Gomes, na região  do Alto Oeste Potiguar, receberam a primeira dose da vacina Oxford/Astrazeneca contra a Covid-19. Ao todo foram vacinadas 630 pessoas a partir dos 18 anos. As doses fazem parte do último lote recebido pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) no dia 20 de março, quando foram disponibilizadas 15.670 doses para essa população. 

De acordo com a representante da Coati/Lagoa do Mato, Ana Maria da Silva, o lote foi todo aplicado e a segunda dose está programada para daqui a 90 dias. 

“Quando foram liberadas as doses para a nossa população, falamos com os orientadores que representam os governos federal e estadual, que confirmaram que iríamos receber as vacinas. Todos com mais de 18 anos já tomaram a primeira dose. Estamos muito felizes com essa vitória!”, revelou. 

De acordo com Kelly Lima, Coordenadora de Vigilância em Saúde da Sesap, desde a última quinta-feira, quando começou a vacinação dessa população, já receberam a primeira dose as comunidades dos municípios de Touros, Parnamirim, Portalegre, Tibau do Sul, Angicos, Ielmo Marinho, Cel. João Pessoa e Santo Antônio. Ainda segundo a coordenadora, até a próxima semana, as 34 comunidades em todo o estado devem ser contempladas com a vacinação.

Kelly Lima ainda destacou que “é importante reafirmar que o principal motivo para vacinação da população quilombola, é por viverem em comunidade e esse modo de viver em grupalidade potencializa a transmissão da doença. Deste modo, é imprescindível que a vacinação aconteça na comunidade, o que garante o acesso a imunização”, reforçou.

As comunidades quilombolas fazem parte do grupo prioritário previsto no Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19, elaborado pelo Ministério da Saúde. A seleção das populações com prioridade na imunização foi baseada em princípios da Organização Mundial da Saúde (OMS) e feita em acordo com entidades como o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). Ao todo, são 27 categorias prioritárias.

Continue Reading
Deixe seu comentrio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X