Connect with us

Esporte

Empate justo em tempos distintos

Publicado

O Globo teve 45 minutos animadores no Estádio Cornélio de Barros, mas caiu de rendimento na segunda etapa e precisou da intervenção do goleiro Pedro Paulo para sair com o empate contra o Salgueiro

Image for post
(Foto: Gabriel Leite / Universidade do Esporte)

Eu tinha minhas dúvidas sobre o Globo FC neste inicio de Série D, o bom começo na competição não me levou a crer que a Águia de Ceará-Mirim fosse um dos favoritos para conseguir a classificação no grupo A4, logo que Atlético Cajazeirense e Guarany de Sobral não eram nem de longe as melhores equipes da sua chave.

Porém, o empate por 0 a 0 contra o Salgueiro, em Pernambuco, credenciou de vez Renatinho Potiguar e seus comandados à vaga na próxima fase da competição e evidenciou que o clube potiguar não vive apenas das fragilidades apresentadas pelos seus adversários.

Diante do atual campeão pernambucano, os primeiros 45 minutos foram de encher os olhos: intensidade, criatividade e domínio da partida, características apresentadas em outras oportunidades, mas que tinham valores duvidosos por conta da qualidade das outras equipes.

Vale ressaltar a dupla Aurélio e Beleu, que são os destaques da Águia de Ceará-Mirm na competição nacional, entre os 11 escalados, normalmente são sempre os que constroem as principais jogadas criativas da equipe.

Frente ao Carcará do Sertão, o gol no primeiro tempo foi um mero detalhe na melhor exibição do time de Renatinho Potiguar num tempo da Série D. Mesmo sem balançar a rede do Salgueiro, este Globo superou a apresentação do segundo tempo contra o Guarany de Sobral no Barretão, quando foram feitos dois gols em 10 minutos, mas a atuação promissora parou por aí e o time caiu de rendimento até sofrer um tento na partida.

Para o segundo tempo, um Globo menos dominante e mais acanhado, porém com pontos positivos a serem destacados neste aspecto do jogo, justamente porque o Globo, pela primeira vez nesta edição de Série D, não sofreu gols nos 90 minutos da partida.

O feito conquistado no Estádio Cornélio de Barros é para ser evidenciado. Em 2020, apenas o Santa Cruz saiu ileso de uma partida contra o Carcará do Sertão. Pelo Globo, o principal responsável pelo feito, foi o goleiro Pedro Paulo, que pegou o pênalti cobrado por Ciel e garantiu o duelo sem gols disputado em Pernambuco.

Fora de casa e com apenas um goleiro na relação para o confronto, o Globo soube se comportar nas duas situações de jogo. No estilo habitual, quando dominou o adversário e conseguiu criar as chances para inaugurar o marcador, porém, quando exigido nos 45 minutos finais, aprendeu com duelos anteriores a não se expor tanto e garantir um resultado importante para a sequencia da competição.

O Globo agora volta para Ceará-Mirim, onde enfrenta o América de Natal, no Barretão, sábado, 10, às 15h. Enquanto o Salgueiro viaja para o duelo no Ceará contra o Guarany de Sobral, no Estádio Junco, quinta-feira, 08, às 15h30.

Continue Reading
Deixe seu comentrio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X