Connect with us

Esporte

Confronto insosso no Castelão

Publicado

Fortaleza e Internacional duelaram pela 11ª rodada do Brasileirão e fizeram uma partida de poucas emoções. Mas, o Tricolor de Aço foi cirúrgico e venceu por 1 a 0

Image for post
(Foto: Thiago Gadelha)

Faltaram muitos ingredientes na partida entre Fortaleza e Internacional na noite deste sábado (19). O calendário apertado de jogos tem grande influência no baixo rendimento apresentado em campo no Castelão.

Dos sete confrontos deste fim de semana do Brasileirão, ao menos um dos times terá algum compromisso decisivo no meio da semana, competições distribuídas entre Libertadores e Copa do Brasil, logo preservar os jogadores indispensáveis é uma alternativa para ter sucesso nesses confrontos.

O Internacional decidiu poupar jogadores por causa do Gre-Nal na próxima quarta-feira pela Copa Libertadores. Por isso, do time titular apenas Marcelo Lomba, Rodrigo Moledo, Saraiva e Patrick foram a campo para encorpar o time misto diante do Tricolor de Aço.

Sem confronto no meio da semana, o Fortaleza foi para o duelo com força máxima contra o líder do Brasileirão. Mas mesmo assim, a equipe de Rogério Ceni ficou numa postura defensiva.

A filosofia de jogo de Coudet no comando do Internacional é simples de entender: ter a posse de bola para criar oportunidades claras de gol. Porém com um time misto, sem entrosamento e com qualidade inferior ao time titular, essa tarefa fica difícil para ser cumprida.

Com o Fortaleza fechado, o Inter tentou furar o bloqueio por toda a primeira etapa, mas não teve sucesso, e de quebra teve que se preocupar com as descidas — nem tão perigosas — de Oswaldo e Romarinho nos contra-ataques do Leão do Pici.

O entrave num jogo de opostos fez com que a partida ficasse emperrada e chata, portanto o melhor momento da primeira etapa ficou para o chapéu de Romarinho em Nonato.

Reprodução: Twitter Fortaleza EC

Por falar em Nonato, o meio-campista entrou no lugar de Patrick que saiu lesionado para o azar de Coudet, que pode perder o camisa 88 para o próximo duelo da Libertadores.

Nos 45 minutos finais, a tônica da partida permaneceu a mesma e o gol veio para premiar não a equipe que apresentava o melhor futebol, mas quem acompanhou o confronto chocho entre Tricolores e Colorados.

A origem da inauguração do placar para o Fortaleza não poderia vir de outra forma, a não ser de um erro individual. Nonato afastou mal a bola e Felipe, em um belo chute, abriu o marcador no Castelão.

Sem muitas emoções no decorrer do duelo o resultado seguiu o mesmo e venceu o time que conseguiu ser mais eficiente no que se propôs a realizar dentro do confronto.

Desse modo, o Fortaleza conseguiu três pontos importantes na tabela e se aproximou do pelotão que briga neste momento por uma vaga na Libertadores. Em contraponto, o Internacional com a derrota deixa a mercê dos adversários mais uma vez a liderança isolada do Brasileirão.

Continue Reading
Deixe seu comentrio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X