Connect with us

Opinião

Depois de conhecer a chuva de perto

Publicado

Foto: Laura Santos

Uma gota de água é o reflexo do mundo inteiro. É assim quando chove. A mesma chuva cai para nós, do mesmo céu que está acima de todas as nossas cabeças. Escondendo os mistérios da atmosfera. Quem sabe de outros céus? As plantas guardam o orvalho para si, como se fosse o seu bem mais precioso. E nós adormecemos ao som de cada barulho novo em nossas telhas. 

Parece um sonho distante, mas o vapor que sobe do chão ao mais alto céu e as nuvens que aparecem e desaparecem como mágica, sem que possamos distingui-las, são resultado dos mesmos movimentos por toda a existência. E essa gota, em queda livre, é quase um convite para pularmos também, molhados no quintal, enquanto aproveitamos a nossa condição de seres na terra.

E o que nós somos para a chuva que nos vê do alto? Antes da aproximação total, tão rápida quanto ela pode chegar. Será que somos o pontinho distante a dançar? Somos os mais velhos a observar as crianças de longe? Ou alguém a dar abrigo aos que não podem amá-la como se fosse a própria liberdade? Eu gostaria que ela fosse livre para todos, mas neste “mundo, mundo, vasto mundo” de Drummond há diferenças que marcam até a separação para os quais a chuva é um presente ou uma tormenta.

Talvez tarde da noite, talvez ao amanhecer, talvez como uma xícara de café quente. Quando manhã, somos os prismas formados dos raios que cortam as gotas, quando noite, os pés escondidos nos lençóis. O beijo na testa antes de dormir que espanta todos os monstros. Fechamos os olhos e abrimos para ver todas as rosas brotarem e o orvalho, nosso velho amigo, com os seus segredos.

Passam as gotas e fica sempre a luz. Tudo isso acontece em um dia de chuva. Tudo isso permanece em nossa pele, evapora, vira nuvem, volta para nossas cabeças, no mesmo mundo, reflexo de todos os céus. 

Continue Reading
Deixe seu comentrio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X