Connect with us

Esporte

Fluminense vence São Paulo fora de casa e se afasta da zona de rebaixamento

Publicado

Foto: Maílson Santana/Fluminense

Nesta noite, 7, o São Paulo recebeu o Fluminense no Morumbi. Os clubes tinham objetivos distintos, enquanto o Tricolor Paulista brigava pela permanência no G4, o Fluminense jogava para se livrar da zona de rebaixamento.

Antes do apito inicial, o clima era amistoso entre os dois clubes e também nas arquibancadas. Os jogadores do Fluminense reencontraram com carinho seu antigo técnico, Fernando Diniz. E os 17.650 pagantes apoiavam seus times.

O começo do jogo animou ainda mais os presentes .Logo no primeiro minuto, Anthony carimbou o travessão com chute de fora da área e quase marcou para o São Paulo. Entretanto, o restante dos 45 minutos iniciais esfriou a torcida da casa.

O time paulista trocava passes, mantinha a posse de bola, mas não ameaçava o gol de Muriel. Quando se aproximava, o ataque do São Paulo apostava em chutes fortes e sem muita precisão.

O Fluminense de Marcão foi bem orientado e seguiu fielmente sua estratégia de fazer o que dava com pouca posse de bola e arriscou nos contra-ataques.

A falta desnecessária de Daniel Alves na lateral do campo originou o primeiro gol do Fluminense.

Digão subiu mais alto do que Arboleda e marcou de cabeça para o clube carioca, aos 37 minutos. Não deu nem tempo de Fernando Diniz se recuperar no banco e a torcida do Fluminense já gritava gol mais uma vez. Marcos Paulo, em contra-ataque preciso, ampliou o placar aos 39 minutos.

O final do primeiro tempo desanimou o torcedor do time da casa, e o São Paulo foi para o vestiário ao som de vaias.

A do Fluminense, por outro lado, festejava o resultado que até então tirava o clube da zona de rebaixamento e afundava o rival Botafogo.

A torcida do São Paulo cantou o hino do clube antes do recomeço da partida. Uma forma de apoio e também de relembrar aos jogadores o peso que a camisa do Tricolor possui. Porém, em campo, mais uma vez, houve desapontamento.

Diniz voltou com Pato e Hernanes no lugar de Lizieiro e Jucilei. Apostou nos jogadores que chegaram esse ano no clube com altas expectativas para, pelo menos, buscar o empate, mas ambos não fizeram muita diferença.

O São Paulo não conseguia criar jogadas decisivas e o Fluminense, superior, cabeceava o resultado que lhe dava a vitória.

A torcida paulista pediu respeito à camisa do Tricolor e vaiou o time, quando viu o Fluminense dominar o jogo e um São Paulo assustado em campo.

Os dois times mexeram na reta final do segundo tempo. Pelo lado carioca, Juanfran entrou no lugar de Vitor Bueno, e no time paulista, Nenê substituiu Ganso.

Para piorar a noite do torcedor do Tricolor Paulista, a vitória do Grêmio por 2 a 1 contra o CSA tirou o São Paulo do G4, e o clube gaúcho agora ocupa a vaga direta para a Libertadores.

No Morumbi, o final da partida concretizou o resultado amargo para o clube da casa. Fernando Diniz conheceu sua primeira derrota em casa e o São Paulo caiu para 5ª posição. Enquanto o Fluminense voltou a vencer após cinco partidas e agora é o 15° colocado.

Continue Reading
Deixe seu comentrio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X