Connect with us

Gastronomia

Seridoense Clija Chait inaugura restaurante no Museu do Oscar, em Los Angeles

Publicado

O Fanny’s traz uma atmosfera que remete à era clássica de Hollywood e à atual produção cinematográfica do cinema norte-americano

Considerado pelo casal de empresários da área de restaurantes, Clija e Bill Chait, um dos mais ousados e importantes empreendimentos de suas trajetórias, o Fanny’s, restaurante e café do The Academy of Motion Picture Museum, ou Museu do Oscar, em Los Angeles, pretende evocar a magia do cinema e unir o encanto da era clássica de Hollywood ao ritmo da indústria cinematográfica atual.

O Fanny’s, inaugurado no último dia 04, ganhou vida pelo interesse e investimento do casal Chait – que já administra mais de vinte restaurantes nos EUA – do empresário Carl Schuster e do apoio da filantropa Wendy Stark. O nome do restaurante é uma homenagem a Fanny Brice, avó de Wendy e lendária estrela do cinema, teatro e rádio norte-americano.  A propósito, a atriz foi retratada por Barbra Streisand em um papel ganhador do Oscar® no filme Funny Girl (1968).

Bill Chait, Cilja Chait e Carl Schuster | Foto: Karina Pires

O espaço impressiona pelo charme e pelas dimensões, são dois andares grandiosos concebidos pelo falecido arquiteto Osvaldo Maiozzi. Conta com uma cozinha aberta, um bar elegante e um estilo de serviço que remete à velha Hollywood, que dará aos frequentadores a impressão de estarem revivendo um passado familiar.

“Esse é um dos mais renomados projetos da nossa empresa. O Fanny’s tem uma história muito bacana já que, diante de tantos profissionais incríveis no mercado da gastronomia, nós fomos os escolhidos para fazer esse projeto. Estávamos contando os dias para a abertura total do restaurante e na expectativa de que todos apreciassem o que foi criado e desenvolvido”, explica Clija Chait, que além de ser uma das proprietárias é também responsável pelo marketing e criação dos conceitos dos novos restaurantes.

Projetado pela Commune Design, o Fanny’s combina o estilo contemporâneo com a inspiração da velha Hollywood, incorporada por restaurantes icônicos como o Brown Derby e o Perino’s; traz ainda cenários de estúdio e a arquitetura Streamline Moderne, da década de  1930. O restaurante possui uma sala de jantar principal espaçosa e um bar em estilo art déco e uma área de estar com uma série de cabines e um mini mercado com alimentos prontos.

Um mural especialmente encomendado ao artista e ilustrador de Los Angeles, Konstantin Kakanias, celebra as lendas do cinema e da música da Hollywood clássica até os dias atuais.

“O Fanny’s é um dos projetos mais incríveis que criamos nos últimos anos. Traz uma história junto ao The Academy of Motion Pictures Museum, uma arquitetura inigualável e uma cozinha à altura, sob o comando do chef de duas estrelas Michelin Raphael Francois. Estamos cheios de orgulho e ansiosos para abrir as portas por completo, pois já sentimos o quão aclamado esse conceito será e quanto ele trará uma experiência inesquecível para nossos clientes”, afirma Bill Chait, renomado restaurateur americano que possui mais de 30 anos de experiência no ramo gastronômico.

O restaurante tem capacidade para 250 convidados e está aberto para o café da manhã, almoço e jantar, com brunch nos fins de semana e foco na hospitalidade. A proposta do restaurante é trazer um cardápio multicultural durante o dia e uma cozinha americana no jantar. Dentre as opções do menu estão o Whole Orata, o Smoked Salmon Roti e Beelers Pork T-Bone. Clija garante trazer uma cozinha diferenciada, com pratos e bebidas inspirados em filmes ou eventos temáticos relacionados às exibições do museu.

Refletindo as tendências atuais em Los Angeles, o Fanny’s oferece uma vasta seleção de vinhos naturais e um cardápio de coquetéis que inclui uma mistura de clássicos e originais, alguns dos quais refletem a história diversificada dos bares da cidade.

Sobre Clija Chait
Clija Chait é uma nordestina que nasceu e cresceu no interior do Rio Grande do Norte, na cidade de Cerro Corá. Aos 18 anos foi morar na capital Natal, na qual teve suas primeiras experiências de trabalho na área da gastronomia.

Clija Chait | Foto: Karina Pires

Aos 24 anos foi morar em São Paulo, onde enriqueceu sua carreira na área e iniciou sua trajetória como empresária. Na época, trabalhou na administração e gestão de restaurantes italianos.

Em 2016, ela foi viver em Los Angeles e, quando se trata de alta gastronomia, a empresária vem ganhando cada vez mais espaço e nos últimos anos tornou-se sócia de alguns dos maiores restaurantes da Califórnia, tais como: Tesse Restaurant, Mian Taste, Tartine Bakery, e de uma das mais conceituadas lojas de vinhos de Los Angeles, a Boutellier Wines.

Hoje, ao lado do renomado restaurateur americano com mais de 30 anos de experiência, Bill Chait, com quem é casada, Clija está à frente de mais de 20 empreendimentos nos Estados Unidos e Coreia do Sul, entre restaurantes, bares, loja de vinhos e padaria.

Morando nos Estados Unidos há pouco mais de cinco anos, ela diz que sua história na gastronomia foi influenciada principalmente pelos seus avós, Ana Maria e João Duarte, aos quais carinhosamente se refere como “mãe e pai”. “Vivi uma infância linda, criada pelos meus avós, onde tive o prazer de aprender com eles sobre a gastronomia nordestina. A minha visão de gastronomia sempre foi de usar o pouco que temos e transformar em algo bem apresentável e extremamente saboroso”, disse. 

Continue Reading
Deixe seu comentrio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X