Connect with us

Entretenimento

Crítica: WandaVision (Episódios 01 e 02)

Tony Lucas

Publicado

Foto: Reprodução/Disney

WandaVision é a primeira série da Marvel para o Disney+. A Disney resolveu sair do usual (geralmente os serviços de streaming lançam todos os episódios de uma vez) e optou por lançar os episódios semanalmente. Ontem (15) saíram os dois primeiros e a partir da próxima sexta (22) será lançado um por semana. Serão postadas aqui no Elo, sempre no dia seguinte, as críticas de todos os episódios dessa primeira temporada.

Se você é um fã assíduo do universo cinematográfico e dos quadrinhos da Marvel, já estará bem situado quando começar a assistir WandaVision. Porém, se você não é, vou adiantar três coisas que você precisa saber antes de começar a ver a série: Wanda pode criar realidades alternativas; ela teve um relacionamento com o Visão, mas o perdeu em Vingadores: Guerra Infinita; e sim, a série se passa depois dos acontecimentos do último filme dos Vingadores.

Para quem acha que logo nos primeiros episódios haverá lutas, explosões e poderes, é melhor diminuir (e muito) as expectativas. WandaVision, nesses dois primeiros episódios, segue inteiramente a fórmula de sitcoms da década dos anos 60/70. Sim, os dois episódios são em preto e branco, tem risadinhas (de uma plateia de verdade!!!) ao fundo e até mesmo comerciais entre “os intervalos” (os mais atentos vão perceber que na propaganda do primeiro episódio há uma menção às Indústrias Stark).

Eu, que já estava acostumado a ver Wanda sofrendo a cada filme com suas perdas, adorei vê-la nessa realidade alternativa com um “casamento perfeito” num subúrbio tipicamente americano. É nítida a química entre Elizabeth Olsen e Paul Bettany e ambos conseguem passear pelo lado cômico do formato das sitcoms sem soar como algo forçado ou incoerente. Quem está assistindo consegue comprar aquela realidade e até mesmo rir das situações mostradas para nós. Eu mesmo me peguei dando boas risadas na confusão que se instaura na visita do chefe de Visão e sua esposa na casa deles para um jantar especial. Ver Wanda desesperada tentando cozinhar foi impagável. O show de mágica de Wanda e Visão, ou melhor, Glamour e Ilusão, no segundo episódio, é absolutamente hilário!

Foto: Reprodução/Disney

Em meio às cenas engraçadas são implementadas algumas pistas de que tem algo muito maior acontecendo por trás da realidade apresentada, mas elas são sutis, porém cumprem seu papel de fazer com que o espectador fique curioso para saber o que está acontecendo de verdade. Isso somado à curta duração dos episódios (não chegam nem a 30 minutos) faz com que a experiência de ver WandaVision seja prazerosa e repleta daquele gostinho de “quero mais”.

Após a última cena do segundo episódio fica nítido que WandaVision é a aposta mais ousada da Marvel e promete surpreender a todos que resolverem entrar nessa jornada lúdica e louca da Wanda. Eu estou ansioso para os próximos episódios e para falar deles aqui. Espero que vocês também estejam. Até semana que vem!

Continue Reading
Deixe seu comentrio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X