Connect with us

Séries e Filmes

Resenha: Julie and Phantoms

Beatriz Nascimento

Publicado

Série está disponível na Netflix | Foto: Reprodução Internet

O melhor ano possível para estrear uma série com personagens impossíveis, sem dúvidas foi 2020. Julie and Phantoms foi lançada no dia 10 de setembro na Netflix, causando nos fãs da versão brasileira de Julie e os fantasmas (2011) uma grande expectativa. O remake da série foi produzido por ninguém menos que Kenny Ortega, o diretor de Abracadabra, Dirty Dance, High School Musical e Descendentes. Clássicos que fazem grande sucesso até hoje.

O elenco principal surpreendeu a todos por ter atores diferentes do que costumamos ver nas telinhas. Madison Reyes (Julie), por exemplo, é a grande revelação da série. Ela está fazendo seu primeiro trabalho aos 16 anos, como protagonista, e já é um grande sucesso. Sem contar com Charlie Gillespie (Luke), Jeremy Shada (Reggie), Owen Joyner (Alex), além de Booboo Stewart (Willie) e Cheyenne Jackson (Caleb).

Por ter sua inspiração na obra brasileira, Kenny conta em entrevistas que a ideia de a Julie ser negra e de origem latina foi uma maneira de homenagear os produtores brasileiros. Além disso, a protagonista brasileira Mariana Lessa também foi homenageada na série, pois o nome da diretora da escola da Julie se chama Lessa.

Entretanto, apesar de ser uma produção inspirada na série brasileira, e ter algumas semelhanças a trama é totalmente diferente e inovadora. Ela conta a história de Julie Molina, uma adolescente que perdeu a mãe há um ano e mora com Ray, seu pai (Carlos Ponce) e seu irmão Carlos (Sonny Bustamante).

Desde a perda de sua mãe, Julie se manteve distante da música. Ela não consegue mais compor, tocar e nem cantar, mesmo sendo o que ela mais gosta de fazer. Mas tudo começa a mudar quando ela precisa limpar o sótão da sua casa, onde ficavam os instrumentos do antigo dono. Lá ela encontra um CD da banda Sunset Curve e assim que começa a ouvi-lo aparecem pela primeira vez os fantasmas de Luke, Reggie e Alex.

Com o passar dos episódios os meninos descobrem os talentos de Julie com a música e passam a ajudá-la nesse processo de busca pelos seus sonhos, assim como ela passa a ajudar os meninos a entenderem o que os levou até ali. Paralelo a isso eles cantam juntos, lutam por seus sonhos e formam um laço tão grande de amizade que se tornam uma família.

” –    Julie: Está querendo me animar?

Luke: Com a sua energia, você pode tocar as pessoas.”
(Temp 1 ep 2)

Continue Reading
Deixe seu comentrio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X