Connect with us

Esporte

Tudo igual no Clássico Alvinegro

Marcos Vinicius

Publicado

No confronto de paulistas da rodada, Santos e Corinthians ficaram no empate por 1 a 1 na Neo Quimica Arena.

Image for post
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Quem vê o Santos bem nas competições que disputa atualmente, imagina que o cenário nos bastidores do clube se acalmaram, mas pelo contrário, o ambiente continua tumultuado. Ainda com o presidente interino Orlando Rollo, o time busca formas para normalizar uma situação que parece irreversível.

Cheio de dívidas e sem poder contratar jogadores para compor o elenco, por conta de uma punição da FIFA, uma hora isso iria pesar nas escalações para um jogo e o Santos precisaria improvisar jogadores nos onze iniciais. E foi isso o que aconteceu contra o Corinthians.

Sem pelo menos cinco peças do time titular para o clássico, o Santos foi a campo com uma improvisação entre os titulares, Madson que é lateral ocupou a função na meia direita. O número de desfalques só não foi maior porque uma mudança no esquema tático fez com que o time de Cuca explorasse as alas com tabelas e triangulações para chegar até o gol.

Aparentemente melhor treinado e com uma estratégia bem definida, o Peixe conseguiu ser efetivo antes dos 15 minutos do primeiro tempo na Neo Química Arena. O lateral improvisado no meio inaugurou o placar após o time santista seguir a cartilha do que estava proposto a fazer no confronto.

Uma jogada que começou na ala esquerda com o cruzamento de Jean Mota e terminou numa cabeçada de Madson que conseguiu se antecipar aos defensores corintianos. Com o gol no inicio da partida, a tônica do resto da etapa inicial estava sugestiva para o Santos esperar o erro do Corinthians para poder ampliar o placar.

Porém, essa foi uma escolha precipitada por parte da equipe técnica do Peixe. Logo que jogar de igual para igual surtiu efeito e mesmo com os desfalques a equipe da Vila da Belmiro era superior. Em casa e com o resultado desfavorável caberia ao Corinthians tentar algo para empatar a partida, mas os 45 minutos mostraram um dia de deficiência técnica por parte dos jogadores, principalmente nas viradas de jogo e nos cruzamento que eram meios para envolver a defesa do Santos.

No primeiro tempo, das 19 bolas longas que os comandados de Coelho tentaram realizar, apenas nove foram completadas. Nos cruzamentos os atletas corintianos acertaram cinco das dez tentativas, mas dessas cinco, apenas uma serviu para empatar o clássico.

Danilo Avelar depois de uma bola mal afastada por Luan Peres disputou com João Paulo e empurrou para as redes. Tudo igual no primeiro tempo de um resultado justo por conta do recuo do Santos que abdicou de jogar após o gol.

Na volta dos vestiários nada mudou em relação ao panorama da partida, mas os gols não voltaram a acontecer pelos dois lados. Com o banco recheados de garotos, o Santos até tentou fazer algumas mudanças, contudo não conseguiu obter o mesmo sucesso do inicio do confronto. O Corinthians esbarrou no mesmo problema de criação da primeira etapa e quando conseguiu a chance de virar o duelo, parou em João Paulo que se redimiu da falha do primeiro gol.

Diante do resultado em casa Coelho e seus comandados continuam num marasmo neste Brasileirão, já são quatro jogos sem vencer. Contrario a isto, está a equipe santista que chegou a marca neste Campeonato Brasileiro de 8 partidas de invencibilidade.

Agora o Corinthians viaja para enfrentar o Ceará no domingo (11), no Castelão, às 20h30. O Santos volta para a Vila Belmiro, onde medirá forças frente ao Grêmio, também no domingo, às 16h.

Image for post
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Continue Reading
Deixe seu comentrio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X