Connect with us

Cultura

Qual o impacto para a cultura com o possível fim da meia entrada?

Beatriz Seguchi

Publicado

O Governo Federal apresentou recentemente duas propostas econômicas que propõe o fim do direito da meia entrada nos cinemas. Considerando que, de acordo com a Constituição Federal, o Estado deve garantir a todos o gozo pleno dos direitos culturais e o acesso às fontes da cultura nacional, bem como apoiar e incentivar a valorização e difusão das manifestações culturais. A dúvida é: em que medida essas propostas impactam no direito de acesso à cultura? E o que elas revelam sobre o projeto do governo para a cultura no país?

Segundo a estudante Raphaela Lima, essa proposta causou um grande impacto no direito de acesso à cultura, porque desde teatros e shows, os ingressos são absurdamente caros e isso faz com que você restrinja o acesso apenas para aqueles que têm condições de pagar, ou seja, a classe alta. “Acho que revela que não tem projeto e sim corte. O Governo não está nem aí para a cultura ou arte, porque eles fazem com que as pessoas pensem sobre toda e qualquer realidade do mundo. Quantos filmes sobre feminismo, racismo e homofobia estão surgindo hoje? Diversos! E todos eles têm o mesmo propósito, que é fazer com que as pessoas entendam que isso é errado”, afirma Raphaela Lima.

A lei da meia-entrada concede benefícios aos estudantes, idosos, deficientes e jovens de 15 a 29 anos. A presente proposta diz respeito apenas ao cinema, uma vez que a Agência Nacional do Cinema (Ancine) lançou uma consulta pública sobre a obrigatoriedade legal do benefício.

Segundo a Ancine, 80% dos ingressos vendidos em 2019 custavam metade do preço, o que era um grande acesso a benefícios que acabariam por elevar o preço médio do ingresso. Para solucionar esse problema, a agência propõe modificar as regras da meia entrada, baseando-se em rendas, ou até mesmo cancelar o benefício.

Reprodução: Google Imagens

Continue Reading
Deixe seu comentrio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X