Connect with us

Esporte

Reviravolta

Marcos Vinicius

Publicado

São Paulo triunfa sobre o Athletico/PR no Morumbi por 1 a 0, assume a terceira a colocação do Brasileirão e consegue sua segunda vitória na competição

A partida entre são-paulinos e athleticanos teve um roteiro bem parecido com o filme brasileiro lançado em 2005, “Se eu fosse você”, que retrata a história de duas pessoas que inexplicavelmente trocam de corpo.

No caso do confronto adiantado da 11ª rodada do Brasileirão, a analogia referente à mudança dos corpos da obra cinematográfica equivale à postura diferente adotada pelas equipes em cada um dos tempos no Morumbi. Porém, diferentemente do longa-metragem, a mudança de atitude tem explicação: as alterações realizadas durante o confronto.

Após o resultado positivo contra o Sport na Ilha do retiro, Fernando Diniz decidiu manter a mesma formação e os mesmos jogadores para o duelo contra o Athletico/PR. Assim, seguiu aquele velho ditado: “em time que está ganhando não se mexe”. Oposto a este comportamento estava Dorival Júnior, que em 12 jogos na volta do futebol, escalou 12 times diferentes. No entanto, nenhum dos dois técnicos fez valer sua estratégia e o começo de jogo foi morno, com a objetividade refém do toque de bola para o lado.

Apenas depois dos 15 primeiros minutos foi que algum time criou ofensivamente. Cittadini quase abriu o placar para o Rubro-negro paranaense, mas parou em Volpi. As descidas do Tricolor paulista não empolgavam, ao contrário, a morosidade dos jogadores para se movimentar facilitava a vida do setor defensivo do Athletico e fazia bocejar o torcedor que acompanhava a partida.

Nesse meio tempo em que reestruturava a defesa, Dorival e seus comandados encontravam espaço para realizar jogadas perigosas e chegar ao gol de Volpi com mais facilidade e novamente Cittadini foi o o responsável por finalizar a jogada, contudo outra vez parou no goleiro Tricolor.

Antes do final dos primeiros 45 minutos, Fernando Diniz mandou os jogadores para o aquecimento e, com essa ação, sinalizou que iria fazer mudanças na equipe para a etapa final. Dessa maneira, o treinador percebeu que em um time que está ganhando se mexe sim, é claro, se você quiser continuar ganhando.

Para o primeiro tempo, o placar justo seria 1 a 0 para o Athletico, porém, o futebol não trabalha com justiça, mas sim com bola na rede e o Rubro-negro paranaense falhou nisso. Portanto, a primeira etapa terminou sem gols.

Image for post
(Fotos: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Duas alterações foram realizadas no Tricolor paulista: Hernanes e Paulinho Boia entraram no lugar de Vítor e Bueno e Gabriel Sara. As mudanças serviriam para dar mais qualidade ao time, além de colocar a equipe no ataque.

Logo as substituições deram outra cara à equipe. Naquele momento, o São Paulo passou a se impor mais em campo, mudando a dinâmica do jogo. Em menos de 10 minutos, duas chances de gol foram criadas e já era mais do que o time havia feito em todo o primeiro tempo.

Com o 4–3–3 na segunda etapa, o Tricolor paulista conseguiu encaixar um padrão de jogo que dava amplitude para o time e, consequentemente, abria espaços para os volantes agirem como elementos surpresa.

Este bom momento na partida foi aproveitado por Luciano, que inaugurou o placar — e já soma dois gols em três jogos com a camisa do São Paulo -. A apatia no confronto, que antes era dos comandados de Diniz, passou a ser dos jogadores sob a tutela de Dorival, como num passe de mágica da mesma forma como acontece naquele filme. Porém, se na ficção não existia explicação, na realidade de ontem, ela estava na cara e saiu do banco de reservas com as alterações de Fernando Diniz.

O resultado positivo põe o São Paulo na 3ª colocação do Campeonato Brasileiro — com um jogo a mais — , e concede tranquilidade para o técnico são-paulino trabalhar para o clássico de domingo contra o Corinthians no mesmo Morumbi às 19:00.

Em contrapartida, a equipe athleticana, que até começou bem o Brasileiro, tenta sua recuperação na competição diante do Bragantino, daqui a uma semana, já que o confronto contra o xará mineiro foi adiado por conta da final do estadual, em Minas Gerais.

Image for post
(Fotos: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Continue Reading
Deixe seu comentrio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X