Connect with us

Esporte

Potiguar tenta recorde para o Guinness Book

Publicado

Eleito como o “Mais idoso a participar da São Silvestre fazendo embaixadinhas” pelo RankBrasil em 2016 , José Luz do Nascimento agora se prepara para ser recordista do Guiness Book e quebrar seu próprio recorde do RankBrasil. O potiguar, de 69 anos, recentemente se inscreveu para concorrer no recorde de controlar por mais tempo uma bola de futebol nos pés. Agora, ele aguarda a última etapa para conseguir o título e superar sua marca de 10km.

Oriundo da Zona Leste de Natal/RN, José Luz sempre foi admirado por ser um ótimo jogador e possuir um bom domínio com a bola. Mas, ele começou a escrever sua trajetória em 1994, após ganhar um desafio amador de 1350 toques com a bola.

“Foi no tempo que eu pedi demissão da Petrobras. Fiquei deprimido, com depressão e meu maior divertimento e consolo era ir à praia, pegar uma bola e fazer embaixadinhas, mas eu não tinha o sonho de ser o que sou hoje. O pessoal falava que eu era artista, mas eu fazia por fazer mesmo, por questão de lazer, pra curar minha depressão. Com o tempo, fui criando gosto e as pessoas me incentivaram”, relata José Luz.

Em 2000, o atleta recebeu o convite para participar da corrida São Silvestre e, desde então ele marca presença em todas as edições. Contudo, todos os anos é um verdadeiro desafio chegar à cidade de São Paulo para participar da corrida. Por contar apenas com a ajuda de amigos e familiares, José Luz encara dificuldades financeiras para participar da corrida. Ele conta que chega a ser desgastante não só participar da São Silvestre, como também todo o processo pra chegar até lá.

“Uma das coisas que eu acho muito triste é ver que o estado e o município não nos apoiam. A gente sai daqui pra divulgar o nome do estado e do município e eles não nos apoiam. A nossa sorte é que temos amigos pra nos ajudar, então a gente junta com o que tem e consegue. Porque esse trabalho que fiz e ainda faço, até hoje estou endividado, querendo pagar as contas e não consigo.”, afirma o atleta.

Ele ainda conta que já chegou a pensar em desistir, pois é um verdadeiro desafio sair de Natal até São Paulo, dormir em albergues, ter que se preparar para uma prova desgastante e não ter o apoio que merece. “A minha maior satisfação é nascer com essa coragem, com essa força, porque se não fosse Deus eu não conseguiria”, relata o atleta.

Mas foi na corrida São Silvestre que José Luz começou a aprimorar suas habilidades e alcançar novos objetivos, inclusive o título no RankBrasil, com a marca de 10km fazendo embaixadinhas. Não se atendo apenas ao título nacional, o potiguar busca o título mundial e a marca de 15km. Em 2015, José Luz só não conseguiu a marca dos 15km porquê foi derrubado, devido a falta de suporte.

Vídeo cedido

O convite para o Guiness Book surgiu quando uma equipe presente na São Silvestre ficou impressionada ao ver um corredor de idade avançada carregando uma bola de frescobol nos pés. José recebeu a carta da equipe e enviou os vídeos. No momento, ele aguarda uma resposta. Nesta prova, ele fez 3h40min com a bola de futebol e 30min com a bola de frescobol, concluindo a corrida.

Após o sucesso em 2019, o potiguar foi convidado para abrir a São Silvestre de 2020. Porém, devido à pandemia do novo coronavírus, o evento ainda não foi confirmado.

Hoje, o atleta de 69 anos, quer ficar na história, construir um legado e deixá-lo para as crianças e as pessoas que o admiram. Coragem, sempre querer ajudar o próximo, fazer o que ama com amor e, sobretudo, humildade. Este é o legado que José Luz quer deixar.

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X