Connect with us

Opinião

Um dia das mães diferente

MICHELLE ARIANY

Publicado

Hoje é comemorado o dia das mães, mas na real são todos os dias. Hoje 10 de maio de 2020, milhares de mães no mundo choram pela perda de seus filhos, de suas mães ou de seus familiares em razão da pandemia do novo coronavírus. É um dia diferente dos outros anos, em que podíamos nos reunir em volta de uma mesa para aquele almoço especial, de ir à lojas comprar presentes, viajar para encontrar aquela que tanto faz por nós, mas hoje tudo isso não tem sentido, por que o que mais importa é a vida e a saúde de nossas mães, de nossa família, de nossos amigos, da humanidade como um todo.

Aqueles que podem e estão com suas mães hoje, agradeça, abrace se puder, beije se puder, sinta o cheiro, deite no colo, faça um carinho. Para aqueles que perderam suas mães, seja em razão da Covid-19 ou não, guarde em sua lembrança o que foi bom, enquanto a teve, os bons momentos, até os ruins, mas que te trouxeram aprendizado. Tem ainda aqueles que não tiveram oportunidade de conhecer suas mães por alguma razão, para estes, lembre de quem te acolheu, de quem esteve ao seu lado e te mostrou o lado materno e fraterno do ser mãe. Para outros que estão longe, que estão na saudade por causa da distância, do isolamento social, ou por qualquer outra razão, saiba que isso tudo vai passar e que sempre há o lado positivo das privações da vida. Vai ficar tudo bem!

As mães que estão todos os dias na batalha, sejam nos hospitais ou qualquer outro serviço da linha de frente durante essa pandemia, sintam-se abraçadas, sintam-se emanadas pela gratidão de seus filhos, pela gratidão da humanidade em terem vocês por perto ou a distância, zelando e cuidando para que logo logo esse reencontro com a vida e com a liberdade possa chegar e enfim terem suas vidas ao lado dos seus, das pessoas que ama e de olhar nos olhos de qualquer um na rua e dizer, foi por você e valeu a pena. Vocês são verdadeiras mães na essência de proteger, de cuidar, de acalmar e dizer acreditem que isso vai passar!

A vocês que ainda não se deram conta do inimigo invisível que fez esse dia das mães ser diferente de todos os outros, tenta se colocar no lugar dessas mais de 10.647 mães que perderam seu filhos e filhas (mães terrenas ou outras já no plano espiritual) para o coronavírus e tiraram de seus familiares a chance do adeus, do agradecimento. Para que isso possa de fato mudar, é preciso consciência, pensar no outro, ter compaixão para quem vive diariamente a dor de ver milhares de pessoas sofrendo em leitos de hospitais e seus familiares sem poder nada fazer, apenas esperar e se resguardar em suas casas. Para que tudo mude, é preciso que a mudança venha de nós, e ano que vem possamos estar com nossas mães, aqueles que têm o privilégio de tê-las e poder olhar nos olhos, beijar, abraçar e dizer o quanto a amamos.

Sejam conscientes! Por vocês, por sua família, por suas mães! Fiquem em casa!

Que o dia das mães seja de saúde! Para todas as mães do mundo!

Continue Reading
Deixe seu comentrio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X