Connect with us

Esporte

#EspecialPelé:O dia em que o milésimo gol de Pelé ficou no quase

Luiz Gustavo

Publicado

Com 999 gols na conta, contra o Bahia a genialidade de Pelé foi parada pela inteligência do zagueiro tricolor Nildon

Pelé ficou no quase contra o Bahia (Foto: Arquivo/Santos)

16 de novembro de 1969. O sol forte iluminava o domingo em Salvador. Mas além do calor habitual, a capital baiana fervia por outro motivo. O Santos de Pelé iria jogar na Fonte Nova contra o Bahia. Esse fato por si só era motivo de festa, afinal, quem não gostaria de ver pessoalmente toda a genialidade do Rei do Futebol?

Mas esse jogo tinha um gostinho especial…

Era a chance de Pelé marcar o milésimo gol de sua carreira.

O momento histórico tinha tudo para se concretizar. Mais de 36 mil pessoas foram presenciar o que poderia ter sido um marco na história do esporte. Até o árbitro teria a sua grife um dia, o escolhido de última hora foi o jovem Arnaldo César Coelho, que anos mais tarde se tornaria árbitro de Copa do Mundo.

Osório Villas-Boas, então presidente do Bahia, havia imaginado um cenário ideal: triunfo do Tricolor de Aço contra o Santos, mas com o milésimo gol de Pelé. Segundo o cartola, a repercussão seria ótima para o Bahia e para o futebol baiano como um todo, o mundo voltaria os olhos para Salvador.

Nas arquibancadas os torcedores do Bahia, mas aqueles de coração mesmo, não estavam se importando com as questões burocráticas dos dirigentes. Porém os torcedores do Esquadrão de Aço estavam dividindo espaço com outro fãs do futebol, que só queriam ver o majestoso momento de Pelé.

Nos vestiários, o paraguaio Freitas Solich, treinador do Bahia, também não ouviu as preces dos diretores. O recado para seus comandados era simples: vencer o Santos e impedir o gol de Pelé.

Bola rolando na Fonte Nova e aos 17 minutos da primeira etapa o Rei teve a grande chance. Com 999 gols no currículo, Pelé estava confiante. Recebeu a bola na entrada da área, tocou para Coutinho e avançou com maestria.

Coutinho devolveu para Pelé. Involuntariamente a bola tocou no braço de um dos zagueiros do Bahia e o lance seguiu. A genialidade do camisa 10 se fez presente quando com um movimento de corpo limpou a defesa e dominou em frente ao arqueiro tricolor.

Dois toques foram suficiente para deixar o goleiro Jurandir no chão, sem chances. O terceiro toque foi com o pé direito, abençoado em tantas oportunidades. A bola foi em direção ao gol livre e em questão de segundos, a história do milésimo gol seria escrita.

Em cima da linha do gol, porém, a história foi escrita com o pé esquerdo do zagueiro Nildon, o “Birro Doido”.

Momento em que Nildo impediu o milésimo gol de Pelé (Foto: Arquivo)

Aqueles torcedores verdadeiros do Bahia comemoram como um gol de final de Copa do Mundo. Diz a lenda que enquanto isso, os outros presentes na Fonte Nova ecoaram vaias ao zagueiro tricolor.

Sabemos que a história diz que Birro Doido foi incrível. Herói ou vilão. Isso depende do seu ponto de vista. A verdade é que o defensor acompanhou a jogada com atenção. Leu cada passo dado por Pelé e no momento exato impediu o épico gol, ou se preferir, escreveu em letras garrafais seu próprio nome na história do futebol: Nildon, o homem que adiou o milésimo gol de Pelé.

Sem pênalti no lance do quase gol de Pelé, bola tirada na linha e um bola na trave no fim do jogo. Se Salvador preparou o momento ideal para o milésimo gol de Pelé, o Rei não contou com a sorte dessa vez. O jogo foi encerrado em 1 a 1, ambos os gols marcados no fim da partida. O Santos empatou a partida com Jair que aproveitou o rebote justamente do chute de Pelé que parou na trave.

Após o término da partida, calmo, Pelé brincou em uma entrevista sobre o quase gol.

“Os jogadores do Bahia não foram avisados que era para me deixar fazer o gol, a torcida toda queria que eu fizesse o gol lá, mas não avisaram os jogadores deles e o goleiro fechou o gol.”

Depois da milagrosa atitude de Nildon, o Vasco, o goleiro Andrada e o Maracanã entraram para história como componentes de um dos grandes momentos do futebol, o milésimo gol de Pelé.

Pelé comemorou o milésimo gol no Maracanã (Foto: O Globo)

Continue Reading
Deixe seu comentrio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X