Connect with us

Sociedade

Projeto ‘Gatinhos da UFRN’ promove bazar para arrecadar fundos

Publicado

Iniciativa começou na internet, ganhou visibilidade e se tornou um projeto de extensão da UFRN

Foto: Victor Silva

Iniciada por alunas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte pelo aumento da população felina dentro do Campus, a ação ganhou a internet, através da rede social Instagram. Logo ganhou muitos seguidores e colaboradores, mas ainda era pouco. Depois de grande apelo na internet após um genocídio de gatos nas proximidades do Restaurante Universitário – RU, o movimento em prol dos gatinhos ganhou muito mais força. Até virar projeto de extensão, devidamente registrada e coordenada pelo professor Marcelo Caricio, do Departamento de Ciências Administrativas (DEPAD/CCSA). Com isso, o projeto hoje é aberto a toda comunidade interna e externa da universidade, com direito a certificado de participação.

O projeto realiza a captura dos felinos, em seguida recebe consulta veterinária para checar as condições de saúde, castração e após essas etapas, seguem para adoção. Todas as ações são divulgadas na internet e contam com a parceria de ongs e da comunidade em geral. Após a criação do projeto de extensão a redução do número de animais abandonados e doentes no campus universitário diminuiu. Porém o abandono e a reprodução dos animais ainda é grande. O Gatinhos da UFRN é autofinanciado, então ações como o bazar realizado nos dias 18 e 19 deste mês no Centro de Biociências da UFRN, fazem parte do calendário do projeto.

Para realização de ações como o bazar realizado na manhã desta segunda-feira (18), uma trabalho de equipe e de parcerias é realizado em prol do gatinhos da UFRN. “Sou voluntária no abrigo Dona Fátima, na Zona Norte e também realizamos bazares para arrecadar fundos. No abrigo atendemos mais de cem gatos resgatados da rua, tivemos que tirar o endereço da nossa página do facebook porque as pessoas deixavam ainda mais gatos na nossa porta”, revela Iaraci Melo – voluntária do abrigo Dona Fátima.

Outra apaixonada por gatos é a Lara, cofundadora do Gataiada Brechó, que começou juntamente com sua amiga Jade há cerca de um ano, através de ações na escola agrícola até ganhar a internet. “Já castramos mais de cem gatos, toda venda dos nosso produtos são para a castração e cuidados da saúde dos animais”, afirmou Lara, defensora do Gataiada Brechó.

Foto: Victor Silva

Para os interessados em participar do projeto de extensão da UFRN, o Gatinhos da UFRN, basta acessar na link tree que indicará todos as formas de contato do projeto.

Continue Reading
Deixe seu comentrio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X