Connect with us

Esporte

Bem-vindo de volta, Lucas Lima!

Dyego Lima

Publicado

Meia encerra jejum de gols, Palmeiras bate o Vasco em São Januário e segue à caça do líder Flamengo.

Lucas Lima marcou seu primeiro gol em 2019 (Foto: César Greco / Ag. Palmeiras / Divulgação).

Um ano, um mês e seis dias. Em suma, 48 jogos. Foi esse o longo período que Lucas Lima ficou sem marcar um único gol com a camisa do Palmeiras. O último havia sido no longínquo 30 de setembro de 2018, contra o Cruzeiro. No entanto, a seca acabou. No Rio de Janeiro, o meia desencantou e cooperou para a vitória alviverde por 2 a 1 frente ao Vasco, resultado que mantém a equipe paulista viva na luta pelo título do Brasileirão.

Tendo em mente o clássico contra o Corinthians na próxima rodada, o técnico Mano Menezes resolveu poupar vários de seus titulares no duelo em São Januário. Alguns deles sequer viajaram ao Rio. E se com a equipe completa, o futebol do Palmeiras já não é de encher os olhos, a falta de entrosamento, somada ao estado ruim do gramado, pesaram para que a partida tivesse muitos chutes para o alto e poucas emoções.

Pelo lado vascaíno, Vanderlei Luxemburgo explicou a estratégia: ter quatro homens no meio-campo para obter superioridade numérica, recuperar a bola, e a partir daí, elaborar as jogadas ofensivas. Na teoria, uma beleza. Na prática… Esperar que Fellipe Bastos, Guarín e Bruno César corressem o tempo inteiro para marcar e imprimissem velocidade para contra-atacar era ser um pouco otimista demais. Ou ingênuo seria um termo melhor?

Essa está na sua conta, Vanderlei (Foto: Getty Images).

Além da falha de marcação cruz-maltina, foi numa jogada ao melhor estilo Mano de ser, que o Palmeiras inaugurou o marcador: o centroavante (Deyverson), após ligação direta, ajeita a bola para que o homem que vem de trás (Matheus Fernandes) faça lançamento para quem infiltra em velocidade entre os marcadores (Lucas Lima). Mayke, em gol contra bizarro, e Guarín, em chance absurda desperdiçada, ajudaram para que a partida fosse para o intervalo em igualdade.

Na segunda etapa, por conta de uma arbitragem fraca, o nível da partida, que já não era lá essas mil maravilhas, caiu. O jogo foi travado, picotado… Chato. O Vasco não conseguia criar. As substituições não surtiram tanto efeito no Palmeiras. Tanto que foi numa jogada confusa, de bate-rebate, que o Verdão chegou ao gol da vitória com Luiz Adriano. Ainda sobrou tempo para o zagueiro vascaíno Leandro Castán ser expulso.

Ah! Lembra do Lucas Lima? Recebeu o terceiro amarelo e está fora do Derby ante o Corinthians. Talvez ele queira mais tempo para comemorar o seu gol.

Já não bastasse a derrota, o cruz-maltino ainda recebeu a notícia de que Talles Magno, importante atacante e que desfalca a equipe por estar defendendo a Seleção Brasileira no Mundial sub-17, se lesionou e saiu de campo chorando.

É dura a vida do torcedor do Vasco…

Continue Reading
Deixe seu comentrio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 Elo Jornal. Todos os direitos reservados. contato@elojornal.com.br

X